Projetemos

Um movimento de projeções multimídia tomou conta da cidade de São Paulo durante algumas semanas da quarentena. Fachadas de edifícios, casas e muros serviram de telaspara vídeos, imagens, palavras de protestos. Começou como uma “organização de janelas”, entre VJs que queriam seguir se manifestando, mesmo à distância. Para a professora da FAU-USP, artista e pesquisadora Giselle Beiguelman, “ironizando o inacreditável desdém do presidente à gravidade da pandemia do coronavírus, as projeções deixam claro que nossas insatisfações estão literalmente subindo pelas paredes! E mostram que, se não podemos ir às ruas, os prédios falarão por nós.”

Link para o instagram do projeto: www.instagram.com/projetemos/