Algoritmo anti-corrupção

A redação de jornalismo Ojo Público, do Peru, publicou uma ferramenta que analisa milhares de dados relativos às contratações que o governo executa. O resultado, a partir de uma regra matemática, observa padrões fora da curva, repetições e outros indícios que podem levar a descobrir esquemas de corrupção – investigados depois por jornalistas da equipe. Descobriram, por exemplo, que uma determinada empresa foi a única participante de 90% dos editais em que entrou. Ou diversas licitações vencidas por empresas recém-criadas. Será que isso também ocorre no Brasil?

Link para o projeto: https://ojo-publico.com/especiales/funes/